Zé Thiago

Moving time  3 годин 27 хвилин

Час  4 годин 32 хвилин

Координати 2849

Uploaded 28 листопада 2020

Recorded листопада 2020

-
-
1 092 m
735 m
0
4,0
8,1
16,16 km

Переглянуто 453 раз(и), завантажено 18 раз(и)

біля Jundiaí, São Paulo (Brazil)

O Circuito do Diabo são trilhas na Serra do Japi que estão localizadas fora da Reserva Biológica da Serra do Japi, mas tem acesso direto na Portaria 5 da ReBio, sendo usada muito para o acesso clandestino, visto que o acesso às trilhas no interior da ReBio são feitas apenas com guias da Prefeitura Municipal de Jundiaí e com agendamento. A principal trilha usada para esse uso é a Trilha da Pedreira, mais conhecida como Trilha do Diabo, devido a elevada ascendência, é muito usada por ciclistas, poucos caminhantes fazem o percurso,e vai direto até a Porteira 5, bem próximo a Casa do Conserveiro.
Antes de chegar na Casa do Conserveiro, existe também a Trilha do Córrego dos Morcegos, que apesar de estar fora dos limites da ReBio, é usada também pelos guias da prefeitura.
A Trilha do Pracatu, é a "volta" do circuito para finalizar, ela termina justamente numa servidão de óleodutos atrás do Sítio Pracatu.
Este percurso, inicia-se no Bairro da Malota em Jundiaí, para chegar ao início, saindo da Estação Jundiaí da Linha 7-Rubi, entre no Terminal Vila Arens ao lado da estação, e pegue o ônibus Linha 712-Guanabara via Terminal Central. Descendo no Terminal Central, pegue o ônibus Linha 524-Malota, diga ao motorista que você quer descer no ponto próximo á entrada do Condomínio Malota. Dali é só seguir o percurso gravado.
O percurso foi finalizado no bairro Jardim Copacabana, na região da Vila Maringá. Para voltar embora, espere o ônibus no final dessa gravação, Linha 586-Terminal Rami. Descendo no Terminal Rami, pegue a Linha 981-Terminal Vila Arens, dali é só sair e entrar na Estação Jundiaí. Pode-se fazer o percurso ao contrário também, mas fiquei atento aos horários dos ônibus, pois tanto a linha 524 quanto a 586-B, tem horários bem reduzidos.
Leve bastante água, pois encontramos apenas 1 ponto de água durante todo esse trajeto.
Точка шляху

Condomínio Malota

Aqui é o ponto de início que terá que descer do ônibus e seguir o percurso.
Перехрестя

Bifurcação

Para a direita vai para a portaria principal da ReBio, para a esquerda segue o percurso.
Точка шляху

Início da Trilha da Pedreira/Diabo-Porteira da Fazenda Recreio

Nessa porteira inicia-se a Trilha da Pedreira/Diabo. Ela sempre está fechada para evitar que o gado saia do pasto, mas a entrada é autorizada, inclusive, no dia da gravação desse tracklog, encontramos dois funcionários da fazenda saindo da porteira, e perguntamos se podia entrar, eles disseram que sim sem perguntar nada. As duas denominações para essa trilha são as seguintes: Trilha da Pedreira: Recebe esse nome em virtude da existência de uma antiga pedreira utilizada pela Prefeitura Municipal de Jundiaí para extrair granito para a fabricação de paralelepípedos no passado. Trilha do Diabo: Denominação vulgar dada aos ciclistas que não aguentam fazer a sua ascensão até o topo, devido á alta elevação.
Перехрестя

Bifurcação

Siga pela esquerda acompanhando a rede aérea, para a direita leva somente ao pasto.
Панорама

Mirante

Lugar plano onde pode-se ter uma boa vista do por -do-sol. Pode-se ser usado como camping também, mas é uma área de alta exposição a céu aberto e sem pontos de água por perto.
Точка шляху

Divisa

Nesse ponto, fica a cerca de divisa da fazenda com a ReBio
Точка шляху

Cerca

Se estiver fechada, de a volta pelo lado esquerdo
Перехрестя

Bifurcação

Para a direita segue para Rebio, para a esquerda segue a Trilha do Pracatu.
Гірський притулок

Edificação abandonada

Esta edificação era usada por funcionários da antiga pedreira como área de convivência e vestiário, existem ainda até uns pregos fincados na parede para pendurar mochilas. Existia também um mirante nesse ponto, mas a vegetação cresceu, e não se consegue ver mais nada.
Перехрестя

Bifurcação

Reto segue para a ReBio, para a direita segue a Trilha Córrego dos Morcegos. A Trilha do Córrego dos Morcegos, como dito no relato, apesar de estar fora dos limites da ReBio, ela é usada pelos guias da Prefeitura Municipal de Jundiaí. Seus atrativos são um lago represado, e Jabuticabeiras centenárias, vimos umas 5 enormes, e termina no Clube dos Passarinheiros.
Печера

Gruta

Uma pequena gruta bem próxima ao córrego, deve ser por isso que recebe a denominação de Córrego dos Morcegos.
Пікнік

Área de convivência

Ponto limite da gravação, não fomos até o Clube dos Passarinheiros. Aqui existe um descampado enorme com 3 Jabuticabeiras gigantes. Na época certa do ano deve ter uma chuva de Jabuticabas nesse local, vale a pena visitar.
Озеро

Lago

Lago artificial represado. Outro atrativos da Trilha Córrego dos Morcegos, mas que serve apenas para contemplação, apesar de ter pequenos peixes, a água não é potável. E não se engane com a profundidade, as folhas ao fundo podem dar uma aparência de ter uns 80 cm de profundidade, mas enfiando um galho, deu 1,70, e se fosse maior, teria afundado mais.
Точка шляху

Porteira 5 da Reserva Biológica da Serra do Japi (ReBio)

A Trilha da Pedreira/Diabo finaliza nessa porteira, dali pra frente você escolhe ou não entrar clandestinamente na ReBio. Existe monitoramento da GCM Ambiental de Jundiaí pelo local, vai da sua sorte, ou azar. Se quiser passar, vá pela lateral do portão, o caminho está bem visível. Fizemos uma pequena incursão "invasiva" até a Casa do Conserveiro, que fica bem próximo.
Точка шляху

Casa do Conserveiro

O espaço, que serviu por muitos anos para abrigar o responsável pela manutenção e conservação das estradas e trilhas da serra, foi totalmente reformado e serve agora como um ponto de apoio para o trabalho de preservação ambiental e visitantes, o imóvel era usado desde a década de 1950 pelo conserveiro e a família desse. Dados históricos mostram que ali trabalharam pessoas como Florisvaldo Eufrásio de Souza e Antonio Oliveira Goes. O filho deste, Aparecido Oliveira Goes (Cidinho), ainda é lembrado por muitos jundiaienses e atuou oficialmente como auxiliar de artífice entre 8 de maio de 1987 e 20 de abril de 2006, quando faleceu. Traços históricos da casa, como o fato de nunca ter havido tomadas ou qualquer fonte de energia elétrica ali, chamam a atenção de quem a visita. O fogão à lenha, as telhas e madeiramento antigos reforçam que a iniciativa de restauração foi uma grande ideia – além de uma homenagem àqueles que sempre buscaram a preservação da serra.
Перехрестя

Bifurcação

O caminho da direita vai terminar dentro de uma propriedade particular, no Bairro Santa Clara, seria uma ótima opção de travessia se não fosse por esse detalhe, siga pelo caminho da esquerda/reto.
Точка шляху

Nascente

Nascente do Córrego Japi-Guaçu
Фонтан

Ponto de água

Único ponto de água de todo o percurso, um fiozinho d água logo abaixo da nascente.
Точка шляху

Fim da Trilha do Pracatu

Finaliza (ou inicia) bem na servidão dos óleodutos da Petrobrás.
Точка шляху

Portão

Existem alguns caixotes usados para criação de abelhas nesse local, mas é tranquilo passar, só não ir mexer nos caixotes. Passe pela lateral do portão, o caminho está evidente.
Автобусна зупинка

Ponto de ônibus

Aqui é o ponto para retornar ao Terminal Vila Arens, como descrito no relato. Mas depois que finalizei essa gravação, fiquei sabendo de um bar á 650 metros a frente desse ponto, o Bar do Nô. E em frente ao bar existe um ponto que passa esse ônibus também, um ótimo lugar para finalizar uma caminhada dessa com um Gelol Canela de Pedreiro.

8 коментарів

  • Фото Diego_Sp

    Diego_Sp 17 груд. 2020

    Olá amigo, estou muito afim de fazer essa trilha, sou de Jundiaí, para quem vai de carro, tem alguma dica de onde deixar o carro? Vi um pessoal no YouTube que deixou no Graal. Essa trilha não fica vigiada pela guarda? Sabe me dizer se posso pernoitar em algum lugar nessa trilha?

  • Фото Zé Thiago

    Zé Thiago 17 груд. 2020

    Olá Diego, não sugiro você ir de carro, pois entrará por um lugar e sairá por outro distante, a não ser que você passa bate e volta em apenas um dos traçados.
    Mesmo que faça, não tem lugar seguro pra deixar o carro, e pra te falar a verdade, eu não vi nenhum Graal por perto. Essa parte não é vigiada pela guarda, tem um ponto que marquei como ponto que marquei como Mirante, é um descampado a céu aberto, mas não possui água por perto.

  • Фото Ulisses Chinas Chang Li

    Ulisses Chinas Chang Li 22 лют. 2021

    Olá bom dia.
    O Cobserviro, Morcego não estão na Rebio? É dada como reserva lá não é?

  • Фото Zé Thiago

    Zé Thiago 22 лют. 2021

    Boa tarde Ulisses. Os guias da ReBio fazem essa trilha, mas ela está fora das delimitações da Reserva, os próprios guias dizem isso, e está descrito tbm no próprio site da Fundação Serra do Japi.

  • Фото raffaeldantass

    raffaeldantass 26 бер. 2021

    Olá boa noite, tudo bem? Sou de Jundiaí e pretendo fazer a trilha, não fica nenhum vigia na entrada da trilha? Vi essa portaria e gostaria de confirmar antes de ir
    Valeu!

  • Фото Zé Thiago

    Zé Thiago 26 бер. 2021

    Bom dia Rafael.

    Se vc for pelo lado da Malota onde iniciamos, a porteira de acesso fica fechada para o gado não fugir, mas o acesso é permitido, inclusive no dia dessa gravação, tinha funcionários da Fazenda ali na porteira que nos disseram que o acesso é permitido.
    Agora se vc for fazer invertido, talvez vc trombe com alguma viatura da GM no início da trilha, mas se não tiver ninguém, pode passar tranquilo.

  • Фото Marino Bruno

    Marino Bruno 26 бер. 2021

    Boa tarde, provavelmente faço está trilha amanhã..alguém pra ir tbm?

  • Фото Zé Thiago

    Zé Thiago 26 бер. 2021

    Marino, se você planeja utilizar transporte público, te sugiro a adiar essa trilha, a prefeitura vai restringir os ônibus nesse fds. Pode verificar nesse link.

    https://tribunadejundiai.com.br/saude/coronavirus/jundiai-vai-ter-barreiras-sanitarias-e-restricao-de-acesso-aos-supermercados-da-cidade/

You can or this trail